jusbrasil.com.br
5 de Março de 2021
    Adicione tópicos

    A origem do crime organizado no Brasil.

    É possível determinar o início do crime organizado?

    Wagner Soares, Advogado
    Publicado por Wagner Soares
    há 10 meses

    As Organizações Criminosas podem ser definidas como grupo de pessoas que fazem parte de um partido político e, de uma maneira mais abrangente, pode-se entender que se trata de uma comunidade de indivíduos organizados com objetivos em comum, em oposição a outros, existindo uma supremacia política vigente dentro dessas instituições com a ideologia de perturbar a ordem pública. O crime organizado, em nosso país, tem seu início diante de vários conflitos, em determinadas ocasiões históricas e até mesmo culturais.

    Para alguns doutrinadores, o Crime Organizado teve sua origem entre o período colônia e império, acentuando-se com a instituição da República. O Brasil compreendeu sua instituição fundada por pessoas, as quais não se encaixavam nos padrões da Coroa Portuguesa, indivíduos de má índole, colocados à margem da sociedade portuguesa, que acabavam sendo excluídos em terras brasileiras. Dessa forma, a nação brasileira teve seu princípio vinculado ao crime organizado, já que o Estado foi constituído para defender os interesses pessoais de uma elite que possuía riquezas vindas de provimentos ilícitos. (NETO, 2006)

    Há autores que defendem que o começo do Crime Organizado foi dado com os cangaceiros, liderados por Virgulino Ferreira da Silva, conhecido, também, como Lampião, no final do século XIX e começo do século XX. Não existem dúvidas sobre a sua organização tática, visto que não se tratava de um simples bandidismo, havia liderança e um objetivo o qual era de saquear os membros da elite para dar o auxílio necessário aos pobres. Sendo importante mencionar que aqueles que compartilhavam de mesma ideologia eram favorecidos pelo bando, fato o qual era maioria dentro da população do Nordeste brasileiro, mesmo se tratando de um movimento social caracterizado por atitudes de violência. (OLIVIERI, 1995).

    Outra época em nossa história que podemos identificar a presença de grupos organizados com o intuito de perturbar a ordem pública foi o do “jogo do bicho” que se tratava de uma forma ilegal de apostas em números que representam animais. A sua concepção conquistou afeição popular e logo passou a ser administrado por grupo de pessoas os quais desvirtuavam agentes públicos. (SILVA, 2003)

    Na atualidade, o fracasso do nosso sistema penitenciário deu origem a movimentos de facções criminosas, com uma ideologia definida, hierarquia estabelecida e um número significativo de pessoas que têm como objetivo a perturbação da sociedade.

    Sendo assim, não podemos afirmar, de maneira exata, quando foi o princípio do Crime Organizado no Brasil. Existem perspectivas diferentes de diversos autores sobre o mesmo tema. Mas podemos consumar o entendimento de que essa situação está enraizada em nossa cultura desde os primórdios da história de nosso país.

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    O começo do crime organizado no Brasil começou com o envio do que havia de pior na Marinha Portuguesa.

    Naquela época se achava que as caravelas caíriam da borda do oceano e seus tripulantes seriam devorados por monstros. Havia indícios de terras além mar, por causa dos espanhóis.

    Era uma aposta boa para a Coroa Portuguesa, pois se desse certo a arriscada viagem, o reino estenderia seus domínios e ainda daria terras infinitas para os marinheiros que sequer as aproveitariam - e ainda se sentiriam recompensados e reconhecidos. Se desse errado, não se perderia grande coisa. continuar lendo